SOU BRASILEIRO E NÃO DESISTO NUNCA

MTB e o Mais Puro Contato Com a Natureza...

quarta-feira, 31 de março de 2010

The End Mouse...


Hoje de madrugada por volta de 00:40am fui acordado com uma dor estranha no braço esquerdo, parecendo que alguem apertava meu braço, acordei daquele sono e já escutei uma voz dizendo silêncio escuta!!! o Rato esta aqui no quarto!!!
Eu esperei Um tempo em silêncio e nada, dormi novamente achando que a Eydy estava impressionada com Rato.
Bom como postei ontem a noite, iria voltar a pedalar hoje de manhã, o relógio despertou as 5:40am eu me levantei estava colocando meu uniforme quando comecei a escutar uns barulhos vindo da cozinha, peguei um pedaço de madeira que estava já guardado para dar cabo do rato, e fui ate a cozinha comecei a mexer no fogão e o RATÃO saiu correndo de lá entrou por trás da geladeira, eu bati com o pau no chão ele correu pra dentro do armário eu fui la e comecei a abrir as gavetas aí ele correu pra sala, nisso a Eydy já havia levantado levei as botas pra ela calçar pra poder me ajudar levantei o sofá e ele foi para o quarto, fizemos todo um esquema tático com caixas nas portas um pano em um buraco que ele passava do quartinho pra sala, peguei o pedaço de pau e fui la pra dentro disposto a matar o meliante de uma vez por todas.
A Eydy ficou na porta com o rodo na mão para no caso de uma possível tentativa de fuga do mesmo. Comecei a mexer por onde ele estava e derrepente ele saiu de traz de uma prateleira e correu em direção a caixa na porta, a Eydy deu uma rodada nele ele voltou correndo para meu lado eu pulei e sem querer pisei nele que começou a dar uns estrimiliques, aí eu finalizei com o pau que estava na mão dando 2 golpes certeiros na cabeça dele, que logo em seguida morreu.
Espero que este era o único rato que tinha aqui, e pra provar que matamos mesmo o rato a foto esta aí pra provar que este já era...

Um comentário:

  1. ainda bem
    nao aguentava + ele fazendo barulho a noite
    bjim

    ResponderExcluir

aqui não e bbb
+ alem de espiar
você pode opinar